Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Palmas recebe ministro Guilherme Afif com a Caravana da Simplificação

Notícias

Palmas recebe ministro Guilherme Afif com a Caravana da Simplificação

Tocantins é o sexto estado a reunir pequenos e microempreendedores, governador José Wilson Siqueira Campos recebeu o ministro no aeroporto e seguiu para evento com a presidenta Dilma Rousseff, em Araguaína

A Caravana da Simplificação foi até a cidade de Palmas (TO), na manhã de hoje (14), para mobilizar entidades e a sociedade em geral pela aprovação do Simples Nacional, que tramita na Câmara dos Deputados, e promover a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim).
Exibir carrossel de imagens Fotos: Ademir dos Anjos Fotos: Ademir dos Anjos

Fotos: Ademir dos Anjos

Palmas (TO), 14/03/2014 - A Caravana da Simplificação foi até a cidade de Palmas (TO), na manhã de hoje (14), para mobilizar entidades e a sociedade em geral pela aprovação do Simples Nacional, que tramita na Câmara dos Deputados, e promover a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). O evento foi realizado no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio TO).

O ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, destacou a importância do papel dos fóruns estaduais para implantação da Redesim. “O fórum é importante, mas ainda não está tendo a importância reconhecida. É o fórum que conversa com o governo e organiza a sociedade. O fórum é o grande passo de organização no movimento das micro e pequenas empresas, pois nos dá informações de base para que possamos decidir no nível central.”

O ministro apresentou também medidas que estão sendo tomadas na SMPE com o objetivo de trazer melhorias e facilidades aos micro e pequenos empreendedores nacionais. Entre as principais ações destacam-se iniciativas transformadoras para o ambiente de negócios do segmento, como desoneração tributária e desburocratização na abertura e fechamento das empresas. Entre os demais temas abordados está o tratamento jurídico diferenciado às micro e pequenas empresas, sobre a importância do projeto Jovem Aprendiz no ambiente de negócios e as iniciativas para facilitar o acesso ao crédito.

Participaram do evento o vice-governador do Estado de Tocantins, João Oliveira, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, o presidente do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FEMEP) e secretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI), Paulo Massuia, e o gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick.

Paulo Massuia expôs algumas ações que o Fórum tem realizado para benefício das micro e pequenas empresas no Estado. “Queremos implantar a Redesim ainda este ano nos 15 maiores municípios de Tocantins e já começamos com resultados. Esperamos também que com esta visita do ministro, tenhamos a oportunidade de implementar esta rede aqui em Palmas”, afirmou.

De acordo com o vice-governador, João Oliveira, o Estado de Tocantins tem se empenhado e não medirá esforços no sentido de juntar a sociedade em busca do crescimento e desenvolvimento para fazer a indústria avançar neste estado.
Também prestigiaram a Caravana da Simplificação, o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Tocantins (FACIET-TO), Pedro Ferreira, o presidente da Junta Comercial do Estado de Tocantins, Antônio Milhomem e o presidente da Fecomércio-TO, Hugo de Carvalho, entre outras autoridades.

A Redesim é um processo único que vai integrar todos os órgãos e entidades da União, estados e municípios envolvidos com a legalização de empresas. Outro objetivo da Caravana é iniciar o processo de fortalecimento dos fóruns estaduais, a partir da atuação conjunta com o Fórum Permanente Nacional, presidido e coordenado pela SMPE/PR.
A Caravana da Simplificação, promovida pela SMPE, já percorreu os estados de Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Tocantins, e vai ser realizada nas 27 unidades da federação. O Distrito Federal será a próxima, no dia 18 de março.