Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro Guilherme Afif Domingos reúne-se com lideranças para discutir novo Simples

Notícias

Ministro Guilherme Afif Domingos reúne-se com lideranças para discutir novo Simples

O ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif Domingos, participou nesta quinta-feira (27) de café da manhã na Câmara dos Deputados para debater o novo Simples.

A votação pela aprovação do novo Simples, que tramita na Câmara dos Deputados, ocorrerá no dia 29 de abril ou no dia 6 de maio deste ano, conforme anunciado pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, durante a Caravana da Simplificação, em Natal (RN).
publicado: 20/02/2014 11h46 última modificação: 23/07/2014 19h00
Exibir carrossel de imagens Fotos: Heleno Rezende e Cláudio Araújo

Fotos: Heleno Rezende e Cláudio Araújo

O ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif Domingos, participou nesta quinta-feira (27) de café da manhã na Câmara dos Deputados para debater o novo Simples. Estiveram presentes o deputado Cláudio Puty , deputado Guilherme Campos, deputado Pedro Eugênio, senador José Pimentel e o diretor presidente do Sebrae, Luiz Barreto, entre outras lideranças do Congresso Nacional.

A votação pela aprovação do novo Simples, que tramita na Câmara dos Deputados, ocorrerá no dia 29 de abril ou no dia 6 de maio deste ano, conforme anunciado pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, durante a Caravana da Simplificação, em Natal (RN).

Para o ministro Guilherme Afif, a aprovação do novo Simples deverá ocorrer neste primeiro semestre de 2014. “Tenho me dedicado muito a engenharia política deste projeto. Ele é do Parlamento, que precisa de uma agenda positiva. A agenda da micro e pequena empresa é importantíssima e é positiva. Conto com o total entrosamento entre o Executivo e o Legislativo para aprovação do novo Simples. Incluindo as três principais questões: a universalização, o aumento do teto e o fim da substituição tributária para os pequenos”, afirmou.

registrado em: